Sim, já tinha perdido quase 12kg! grrrr

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Pesagem e outras coisas

Eu tinha estipulado a actualização do peso no blog para os sábados, mas como amanhã é feriado, vou aproveitar e fazer um fim-de-semana prolongado. Aqui a tesa não tem internet em casa (não posso pagar em dois sítios!), assim, só voltarei na próxima segunda-feira. Para quem trabalha seis dias por semana e sem férias superiores a uma semana há quatro anos, a perspectiva de três dias seguidos de liberdade é… priceless!

Mas vamos ao que interessa:
No sábado passado pesava 68.9. Hoje, quinta-feira, peso 68.3. Para ser sincera, espero ver um 68 redondo no próximo sábado, dia da pesagem “oficial”. Vou esforçar-me para isso.

E aí está o busílis da questão: esforço. Eu andava ali a pastar, positivamente. Cheguei aos 70, aos 69… toda animada. Depois, comprei uma balança nova digital e descubro que afinal ainda tinha 70. Ter que emagrecer um quilo “extra” para mexer na régua desanimou-me um pouco. Não me perguntem porquê, já que não engordei, mudei foi de balança. Incrível como apesar de tudo podemos ter comportamentos perfeitamente infantis. Já passou.

Voltei a controlar a ingestão de fruta, aboli o pão e os resultados já se notam. E não apenas na balança! Este mês o meu pneu perdeu dois centímetros. Mais uma prova de que o fermento usado no pão me faz muito mal. Sinto-me animada, já que finalmente começo a ver grandes progressos na minha zona crítica.

Continuo com as caminhadas e o Pilates, a natação está em stand by porque a piscina fecha em Agosto para manutenção. Recuso-me a ir para piscinas ao ar livre sem pistas definidas e tal.
Não tenho pachorrra para aturar povo a divertir-se na piscina, confesso.
Nesse aspecto, sou uma elitista nojenta. Irrita-me andar ali a nadar e a tentar desviar-me de criancinhas barulhentas, gajos com pêlos nas costas e matrafonas que gritam de 5 em 5 minutos “Rúben, anda à mãe, olha que me vou chatear, obiste? Rúben, ó Rúben!”.
(Ando a desenvolver uma teoria acerca de putos chamados Rúben. Não vai ter conclusões simpáticas, aviso já!)

Quanto à bicicleta: já andei dois metros! Não tenho tido tempo para me dedicar ao assunto ou, pior ainda, quando tenho… chove! (Que porcaria de Verão é esta?).
Ver se estes dias melhoro a marca para… dois metros e meio! Eheheh

E agora… o meu sonho tornado realidade:



Comprei uma “pencil skirt”, que é como quem diz em português, uma saia justa abaixo do joelho. É mais ou menos como esta. Serve-me, apesar de ficar perfeita com menos um ou dois quilos. Com saltos altos fica elegantíssima!
Custou uns 15 € em saldos da Zara. A minha é o 42, o maior tamanho deles nestes modelos. Há uns anos que procurava esta saia, adoro roupa inspirada nos anos 40, 50 e 60.

E é tudo por hoje, volto segunda-feira. Vou ainda tentar pôr as visitas em dia, sei que estou em falta com muita gente.

Ps – a balança velha dá 67 quilos. E depois admiram-se que eu ainda goste dela!

9 comentários:

Flávia disse...

Papoila,

Teu post só veio comprovar o que eu tinha escrito no meu blog: andamos no piloto automático, vamos alí, todo dia fazendo uma "coisinha" errada, nada fenomenal, mas que no fim das contas resulta na balança estacionada e não é isso que queremos agora, certo?

Também acho linda essa saia...e com esse preço, hein? Agora se estivesses com mais peso ias conseguir achar uma que te coubesse? E se coubesse ia vestir bem? Poder usar a roupa que quisermos, isso sim é priceless, não comer chocolate todo dia!

Beijos


p.s.Antigamente as pessoas se vestiam tão melhor, não achas?

Papoila disse...

Se acho? olha, basta ver que as grandes estrelas de antigamente eram mais pesadas que as actuais e conseguiam ter um aspecto trinta vezes mais elegante.
A Jane Mansfield, que era a mamalhuda mor dos anos 50, mete a Pamela Anderson no devido lugar: uma empregadinha de bar de quinta categoria!

Quanto à saia: 42 é o maior tamanho produzido. Tem lá saias de tamanhos maiores (acho que até 46) mas naqueles modelos soltos e com roda... como se eu precisasse de mais pano pendurado no corpinho! lolol

disse...

Oi Papoila, bom fim de semana prá vc também. Pena que não deu prá pegá-la a tempo no MSN para desejar-lhe mais diretamente. E só hoje vi seu post sobre a bike e esse da saia linda & maravilhosa de hoje. Adorei, mas vai ter que postar uma foto quando achar que ficou perfeita, promete? Então tá! Divirta-se e descanse bastante. E se por acaso for tomar um vinho, lembre-se de mim, hehehehe. Bjs.

Vania disse...

Linda a saia, tira uma fotografia (rsss). Eu ainda estou conhando com jeans sem strech rsssssss

Beijos e bom descanso!

Estela disse...

Oi!

Com que então 2 cm a menos?!! Depois admiras-te de receberes chamadas a desejar bom fim de semana...;)

Essa teoria dos putos chamados Rúben parece-me interessante... simpáticos ou não, confesso que estou curiosa por saber os resultados!

Quanto à saia...sim senhora, gosto, assim como também gosto do estilo anos 40/50/60 (principalmente daqueles soutiens que mais pareciam coletes de forças e em que as mamocas pareciam misseis em lançamento iminente, não havia cá nada descaído)! E depois quero ver fotos, oubiste?? (como a mãe do Rúben...)

Beijinhos e bom fim de semana

P.S. acho esta cena de estares 3 dias sem vir à net um bocado foleira...:)

Super disse...

No Brasil a desgraca sao os meninos chamados Mateus. Parece que sao todos mimados e insuportaveis. Lucas fica em segundo lugar, mas nada supera os Mateus! Devem ser os equivalentes aos Ruben de Portugal. (sera que eh alguma maldicao com nome com a letra U? Vou evitar dar aos meus filhos nomes com U, hahaha)

Neblina Orrico disse...

Papoila querida, parabéns! Pelos cm a menos, pelo peso a menos e pelos 2 metros emcima da bicicleta. A saia é linda, linda. Aqui em Brasília, a loja da Zara é super cara. Proibitiva. Um beijo e bom fim de semana. Neblina.

Crista disse...

Oi papoila,
O importante é que as medidas diminuíram!!!!!!!
A saia é o máximo, adoro o género. Tenho uma muito parecida infelizmente só posso usar em festas muito especiais, custa-me imenso andar de saltos...

Beijocas grandes e espero que tenhas um merecido descanso.

Su disse...

Linda é bom voltar e ver-te na casa dos 68! Espero que continues assim porque em menos de nada chegas à tua meta!!!

Beijocas ***

http://disciplinando-me.blogspot.com