Sim, já tinha perdido quase 12kg! grrrr

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Pequenas vitórias

Hoje fui almoçar com amigas. Vivem aqui perto da loja e é costume almoçarmos e/ou jantarmos juntas ao sábado. Isto porque eu impus que só almoçaria “à semana” por motivos especiais.
São irmãs e magríssimas, apesar de comerem bem mais do que eu. Mas isso agora não vem ao caso…

Bom, lá fomos comer a picanha habitual. Coloquei no meu prato três colheres (de sopa) de arroz e três de feijão, meia colher de farofa e um bife. (Ok, confesso que também comi umas cinco ou seis batatas fritas…)
Acabei de comer antes delas e fiquei na conversa. Aí, chamaram-me à atenção para o facto de ainda estar na travessa o meu outro bife, que estava bom e que não o podia desperdiçar e tal e coisa. Suponho que já todas vocês ouviram este discurso.

Vai daí, aqui a lorpa cortou esse bife a meio e colocou-o no prato com mais uma colher de feijão e outra de arroz. Comi mais dois bocadinhos de bife e aí bateu-me forte:
Porque raio estava eu a comer se minutos antes me tinha considerado satisfeita?
Porque cedi às solicitações delas, que consideram toda e qualquer dieta um disparate?
Será porque aprendi em menina a “limpar o prato”?
Porque de qualquer modo iria pagar a comida, logo mais valia “ter proveito”?
E este último motivo não indicará “cabeça de gorda” do tipo “paguei, logo não vou desperdiçar?”
(Também pode ser cabeça de pobre, agora que penso nisso…)

A comida estava óptima. Mas pousei os talheres e dei a refeição por terminada. Deixei no prato o resto do meio bife, o arroz, o feijão…
Eu não precisava de mais aquela comida e não tenho obrigação de comer para “fazer companhia”.
A minha companhia é estar à mesa e conversar, não é comer enquanto elas também estiverem a comer. Porque quem vai engordar e sentir-se mal sou eu, não elas.

De modo que estou feliz comigo, foi um download durante o disparate e não após. Dei conta e corrigi logo ali o comportamento. Aguardei que elas terminassem de comer e depois pedi um café.
Logo à noite o jantar vai ser sopa e fruta para compensar o pequeno excesso do almoço, mas estou tranquila. Melhor que isso: orgulhosa de mim.

10 comentários:

disse...

É isso aí Pápi, temos o mesmíssimo problema de não querer passar por pródigas no desperdício de comida. Mas, apesar de ter que lutar diariamente contra isso, parei de me fazer de lata de lixo de sobras dos filhos e de comer o que nem estava no prato só para não deitar fora. Já concluí que é melhor me servir de um prato médio do que repetir. Quem quiser que se entupa! Moi, non plus!(Sei lá se está certo isso, hehehe) Bjs. Zá

Fá Miss Dieta disse...

Oi querida, estou passando aki para convida-la a participar do desafio r.a em mãos.
Ele não começara este mês jah se iniciaram as inscrições, não se assuste pela falta de coisa q ainda tem, qdo todas se inscreverem ele estara terminado.
Beijokinhas e conto com vc!!
www.desafioraemmaos.blogspot.com

Rosi disse...

Oi, Papoila, mt obrigada pela generosidade, mas eu tbm concordo com vc: o q escrevemos aqui já não nos pertence. Tá na net, tá no mundo, né?
E t linkei com mt prazer. Agora virei sempre.
E parabéns pelo download!
bjs

Ana Sofia disse...

bem... p a proxima a solução é atrasares a velocidade a k comes, caso contrario serás novamnt a primeira a acabar e darás ctg outra x a sucumbir às tentações ainda presentes na mesa.
Kt ao peso... paciencia!!! dp do red xone logo s vê. Entretanto informo-t dd já k tb tnh uma perdição por queijos... POR TUDO KT É KEIJO... da serra, flamengo, roquefort, camembert, chedar, feta, blue, fundido, mozzarela, gouda, nisa, da ilha... Os que quiseres dizer... eu gosto deles todos. Comecei por evitá-los e agora tou numa fase de os substituir. Tenho andado a comprar tofutini (de k ouvi falar através da slim) e queifu. Não é mm coisa mas come-se

Crista disse...

parabéns Papoila ... auto-controle é tudo de bom!
Eu só tenho feito burrada, mas tou recomeçando.
beijos e muita força.

Ana Bastos disse...

bem!!! Paraste a tempo! O que é bom. Não choraste sobre o "leite derramado"!
às vezes é dificil ter auto-controle, mas é excelente quando o conseguimos ter!!!
Bjinhus e tem uma boa semana!!!

Su disse...

E isso que tu fizeste é a coisa mais difícil de fazer... Parar a tempo!

Sabe tão bem quando conseguimos não é?

Beijão ***

http://disciplinando-me.blogspot.com

Luna Leve disse...

Pois é...esse pessoal que come,come,come e não engorda está na minha lista negra!

A táctica para os enganar é mesmo comer muuuuuito devagar, conversar e tal...e ao mesmo tempo não lhe dar tempo para perceberem que comemos pouco.

ehe
força beijo

Vera e Sara disse...

é destes pequenos passos que ganhamos ânimo...
Parabéns.

Gô! disse...

Oi!

Eu também aprendi a limpar o prato.

Mas eu ainda acho que o desperdício deve ser evitado! Mas na hora de fazer o prato hehehehe

Parabéns!

Ah! Essa coisa de comer para acompanhar os outros já me fez passar poucas e boas!

Ou será essa coisa de outra pessoa não entender que não é nõa?


Beijos