Sim, já tinha perdido quase 12kg! grrrr

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Tabelas de Calorias

De volta à minha vida! O pé está muito melhor e já tenho autorização para caminhar até um km por dia. Sexta-feira voltarei à piscina, as manchas da pele estão quase invisíveis, apenas uma ainda dá algum problema mas acredito que com água termal e creme logo após o banho conseguirei anular o efeito do cloro. Yesss!!!!

Continuo a construir a minha tabela de calorias, o que se tem revelado mais complicado do que parecia. Pretendo dados mais ou menos concretos, tipo “uma colher de sopa”. Calorias por 100 gr são pouco práticas, já que não faço muitas refeições em casa e se torna impossível andar aí de balança debaixo do braço, a pesar histericamente uma cenoura.
Mas há conceitos complicados, como o de “uma porção média”. Que raio é uma porção média??? É fácil definir uma batata ou cenoura como média, mas porção…

O conceito de porção é pessoal. Tendemos a achar que comemos pouco daquilo que gostamos muito. Eu adoro queijo. Sou capaz de o comer diariamente, de várias qualidades. Então, o meu conceito de porção “média” é diferente do de alguém que gosta normalmente de queijo (eu sei que há gente dessa!).
Do mesmo modo, há quem consiga beber meio litro de Coca-Cola facilmente. Se calhar até acha isso uma “porção média”. Para mim, que sou incapaz de beber uma lata inteira, meio litro afigura-se-me como uma porção hiper-gigante.
Daí que tabelas com a indicação de “porção média” pouco ou nada sirvam para mim. Preciso de referências mais concretas, de preferência fáceis de utilizar sem recorrer a muitos instrumentos.

Porque, verdade seja dita, sou preguiçosa. Não tenho paciência para andar de balanças e medidores atrás de mim. Começo com muito boa vontade e depois aborreço-me. Farto-me. Desisto.

Tenho reflectido muito acerca dos meus pontos fracos. (Mas só em termos dietéticos, caso contrário nem daqui a 200 anos acabava a reflexão…)
Brincadeiras à parte, o facto é que me aborreço de andar constantemente à procura de informação deste tipo. Assim, estou a reunir numa única tabela os alimentos que consumo (mesmo aqueles que não deveria…), com medidas que posso quantificar rapidamente. Por exemplo, não preciso de ter na minha tabela as indicações calóricas de um brigadeiro ou de um sumo de laranja de pacote porque, pura e simplesmente, não consumo esses itens.

A ideia é ter uma tabela completa e personalizada, que eu imprima e use facilmente.

E vocês, que truques usam para dar a volta?


Ps – e calorias de sumo de laranjas natural, alguém sabe quantificar? Conto o número de laranjas utilizadas?

9 comentários:

Gô! disse...

OI Pá!

Olha, eu acho que não vale a pena se desgartar contabilizando calorias de certas coisas.

POr exemplo, quando eucomo salada de alface, qualquer alface, em qualquer quantidade, coloco 10 calorias.

Ou então, quando é salada de alface com tomate. Também 10 calorias.

Quem tá ligando se eu comi realmente 50 calorias de tomate?????

Acho que é importantíssimo ter uma tabela razoávelmente feita de acordo para você, principalmente porque você naõ gosta de ficar procurando pra lá e pra cá. Mas eu já tinha as calorias meio que de cabeça.

A menos de coisas loucas, tipo torta de frango da minha mãe. Não sei nem qual é o tamanho da porção, nem a quantidade de calorias. Então eu procurava algo similar, e tentava pensar em uma porção de "gente normal" OU porção de vender no shopping.

É isso que ue fazia (e terei que retomar a fazer) e dava certíssimo!

Os industrializados são belezinha, ne´!? ehheheeh

Agora, suco de laranja é outra coisa que eu nao me importaria porque seria sem açúcar e laranja é saudável.

Um copo de 200ml a 250ml teria 120 calorias (sem açúcar) pra mim.

Mas eu sempre contei do meu jeito, então hehehehe


Mil beijos e não encane *tanto* com as calorias nem fiquei pesando cada sopro de ar heheheeh

Su disse...

Minha querida ainda bem que estás de volta e quase recuperada!

Quanto a tabelas de calorias eu uso um programita que se chama Calorie King, é em inglês e se quiseres podes usar uma versão trial durante 30 dias para calcular a tua tabela de calorias personalizada.

Aquilo tem várias medidas, por exemplo: banana pequena, média, grande ou em gramas (e tu dizes os gramas). É assim para quase todas as comidas.

Ainda posso adicionar lá os meus proprios alimentos como iogurtes especificos, potinhos de gelatinas, muitas coisas e assim consigo calcular com exactidão, e em 5 minutos aquilo que comi durante um dia.

Mas eu acredito que cada pessoa tem de encontrar a sua maneira de fazer as coisas, certo?

Beijocas grandes **

Muffin de Chocolate disse...

Olá Papoila!

Vejo que estás de volta no teu melhor. Adorei ler o teu post, como sempre espectacular. Ainda me ri com algumas das coisas que tu disseste, tal como " pesar histericamente uma cenoura...".

Ahahha...

Admiro-te por tentares sequer contar as calorias. Eu nunca cheguei a tentar, não tenho simplesmente paciência...

É que é MESMO complicado! Adorava ter tipo um instrumento dentro de mim que à medida que eu fosse comendo me desse o número de calorias ingeridas. Melhor ainda seria se emitisse um sinal sonoro ou mesmo uma luz forte vermelha ao ultrapassar certas quantidades. Era muito positivo!

Um sumo de laranja...humm...eu ia pela quantidade de laranjas...eu sei lá bem! :/

Boa sorte! Acho que a tua ideia é boa e dá sempre aquela ajuda para controlar as quantidades. Deve dar também fome...se eu estivesse muito tempo a pensar nisso ficaria um pouco com vontade de atacar alguns desses alimentos.

Beijocas!

Sandra

disse...

Bem, Pápis, eu já sou a doida da balança e dos medidores. Mas também por ter a facilidade de fazer todas as refeições em casa. Eu tb acabei fazendo uma tabela só dos itens que consumo e, neste caso, fui rigorosíssima em pesar a cenoura "média" e depois usar o valor obtido para qualquer tamanho de cenoura. Deu mais trabalho no início, mas tratei de fazer isso uma diversão. Outra coisa que ando fazendo, é consultar tabelas on line. A maioria tem as medidas domésticas tipo: colher de sopa, xícara. Isso tb só era imperativo enquanto emagrecia todos aqueles kg. Hoje já sei "de cabeça" se estou extrapolando as kcal de cada refeição. Mas isso, como tudo no processo de emagrecimento, tem que gostar ou se forçar a fazer, não tem muita saída. Bjs e continue melhorando (a propósito, acho chiquérrimo esse negócio de água termal! tb quero!). Zá

Vera e Sara disse...

Ainda bem que jà estàs em forma...

Pois realmente uma coisa dessas dava imenso jeito...
Mas não te vou poder ajudar muito...

Beijinhos e bom fds...

Ana Sofia disse...

bem... eu cá n comento a tua paciencia p contar calorias, pk é certo e sabido que faço o mesmo! Akilo que fiz foi uma base de dados criada pelo valor + alto k encontrei a nível de calorias... Digamos que a comecei a fazer em Julho e só a terminei em Setembro, axo eu, kd a comecei a calcular as calorias diárias que ingiro. Nem te sei dizer kts alimntos tenho... Mas são p cima de muitos. Aliado a ixo, a tabela tem tb um extra ké o acréscimo ou decréscimo calorico que sofre na confecção...
Está tudo por 100 g e é claro que ando de balança atrás. O que acontece é k ao fim de um mês a pores td na balança, já sabes a olho nu quanto é k são 100 g de arroz ou de carne ou etc. que uma colher de sopa com feijão são à volta de 15 g e por aí fora. Exa kestão da porção média, é francamnte mt relativa! E concordo c o k dixest nexe ponto. Média em relação a kê????? O mlhor mesmo é considerars os valores por cd 100g

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Oi Pá, recebi seus e-mail. Não sei o que pode estar havendo, já que está tudo normal por aqui. Obrigada pelo link da agua termal. Vejo sempre nas revistas de beleza e creio que deva ter em lojas de importados. O problema é que onde moro não tem nenhuma e portanto, se quiser algo assim tenho que viajar. Até já começo a pensar em comprar pela net, apesar do meu medo-pânico de passar dados pessoais pela rede. E a propósito, vestibular é um exame classificatório exigido para entrar nas universidades. As públicas são muitíssimo concorridas por não serem pagas e tb por terem o melhor em termos de cursos e pesquisas. Minha filha passou não só em uma mas em 2 públicas, a USP (Universidade de São Paulo) e na Unicamp (Universidade de Campinas) e em um curso de Engenharia, o que torna a concorrência ainda mais difícil. Fora essas duas, está em lista de espera entre os primeiros nomes a serem chamados em outras duas igualmente concorridas mas de âmbito federal. Enfim é um feito e tanto mesmo para os poucos que têm recursos prá bancar caríssimos cursos preparatórios (reforçando o contra-senso de que sendo pública, deveria ser para os que tem menos recursos, mas infelizmente,na prática, não é assim). Enfim, é isso. Bjs e ótima sexta. Zá
PS Eu exclui o coment anterior pois saiu com um erro.

ximiusa disse...

gabo-t a pachorra, fazer uma tabela dessas nao s compara minimament a arranjar uns restos num bento!
entao fevereiro que nos aguarde que vamos dar grand volta ao texto!