Sim, já tinha perdido quase 12kg! grrrr

terça-feira, 15 de abril de 2008

Ainda a "normalidade"

Hoje comprei uma camisolinha amarelo claro e um pólo bege com um estampado castanho, uma coisa difícil de explicar, mas gira.

Porque é que comprei, se tenho muita coisa em casa e nem sequer estou numa fase “abonada”???

Ora… porque me serviam!

Como comerciante, tenho direito a ir a feiras e “shoppings” de revenda, isto é, às lojas onde os donos de lojas vão comprar artigos para os seus estabelecimentos.
Consigo comprar várias coisas cerca de 30 % mais barato do que nas lojas de rua. O único senão é que não posso nem experimentar a roupa, nem trocar, salvo em caso de vendedores mais porreiros, que não se importam com o facto de estarmos a comprar não para uma loja, mas sim para uso pessoal.

E o que é que isso interessa, perguntam vocês…

No ano passado, com mais 8.5 kg, pouco usufrui desta vantagem. Não foi apenas por ter atravessado a pior fase financeira da minha vida. Estava gorda e precisava mesmo de comprar alguma coisa, não podia vir nua para o trabalho, certo?

Nem ali conseguia comprar grande coisa. As lojas de artigos mais juvenis não vão além do L ou XL. Não conseguia entrar em nada. Restavam-me as lojas de “senhora”, onde um XL tem uma modelagem muito maior que um XL juvenil. Comprei três t-shirt estilo túnica, muito básicas e uma outra camisola básica. Não comprei nem o que queria, nem o que gostava e nem as cores que gosto realmente. Comprei o que podia. O que me servia. Nas cores que havia.

Nunca na minha vida me senti tão feia, tão banal, tão desengraçada. A Papoila das cores fortes e vibrantes, dos detalhes femininos, dos sapatos e sandálias estapafúrdios, estava enterrada debaixo de calças de ganga enormes, de camisolas pretas, castanhas, azul marinhas… tudo escuro “para disfarçar”. Os sapatos? Tudo raso e confortável, de preferência mocassins.

Hoje, entrei numa loja onde no ano passado não havia uma única camisola, blusa ou t-shirt que me servisse. E comprei duas peças! Tudo bem, são XL, mas… não é um XL de roupa de senhora, são peças bem juvenis! (como se as camisolas XL da Zara, fossem enormes, né?)

Ainda não estou num peso normal e muito menos magra. Eu sei isso, não pensem que só porque consegui comprar roupa normal penso que a batalha está ganha. Nada disso. Ainda tenho muito caminho pela frente.

Mas, como disse num post anterior, sinto-me a ficar normal. A perder o medo de entrar na loja e ouvir “não temos tamanhinhos grandes” *

Sinto-me bem por ter deixado os mocassins e já ter calçado uns sapatos com um pouco de salto e mais finos à frente. Os meus anéis já entram nos dedos, logo estarão a servir perfeitamente. O meu blaser preto, cheio de pinta, já fecha.

Que se lixe o MacDonalds, eu quero é usar a minha camisolinha nova amarela!!!

* Serei a única a ficar deveras irritada com a expressão “tamanhinho grande”??? se é grande, não pode ser um “tamanhinho”!!!


Ps – para as ninas brasileiras: aqui camisola é mais ou menos a vossa blusa. Não tem nada a ver com roupa para dormir, isso é camisa de noite.

12 comentários:

Neblina Orrico disse...

Papoila querida, realmente é muito legal essa história de academia aberta. Pena que em alguns lugares só funcionam no verão. Também gostaria que tivesse em Brasília, mas lá...só pagando mesmo! Adoro amarelo, sua blusa nova deve ser linda!!! :)
Beijos, Neblina.

Su disse...

Papoila querida, o teu post emocionou-me... Realmente sei bem o que é entrar numa loja onde "só fazem roupas pra anoréticas" como eu dizia e nada me assentar bem...

Saía de lá com vontade de chorar e sem comprar nada. Olhava para os modelos da Mango despidos na montra, enquanto lhes trocavam as roupas e dizia para mim mesma "ninguém tem um corpo assim, nem mamas aquele modelo tem".

Pronto, ainda continuo a achar esta última parte, mas nunca na vida eu entrei numa loja onde não houvesse roupa que me servisse... Alias com o meu fantástico 1.56m eu vestia muitas vezes roupa de rapaz de 14 e 16 anos... Tudo coisas pouco femininas como se pode imaginar, mas pronto.

Tudo isto pra te dizer que não imagino o que seja essa vitória, mas imagino que seja gigantesca e estou super feliz por ti! :D

Qualquer dia estás a usar o M da Zara! Beijocas ***

http://disciplinando-me.blogspot.com

Gô! disse...

OI!!!

EU fiquei pensando, interessante que quando se esta gorda se compra só porque serviu, mas quando se está a emagrecer também se compra justamente só porque serviu. Mas como os dois sentimentos envolvidos em tal compra são diferentes e divergentes!

hehehehe

Agora, se é gira então tá valendo ;) (acho tão legal falar gira ehheeh)

Ah! Essa coisa de tapar o sol com a peneira tentando ser gentil ao falar "tamanhinho grande" é coisa de quem fala que "depois estica" ou então "depois encolhe" pra mesma peça só que pra pessoas diferentes HAUHAUAHAUH

Beijão e PARABÉNSSSSSSSSSSS

Iara disse...

Oi...poxa queremos o mesmo objetivo..chegar aos63 kg.

Estou com 77e nao passo daí, meu imc é 28 alguma coisa...

fui a endocrinologista, ela me receitou um remedio valeriana oficinallis,e mais dinustramina coisa assim, ja tem um mes.

massao muito caros pra mim, e to tentando fazer a dieta...nao sei de darei conta.

ximiusa disse...

muito instessant que o que queiras usar seja uma camisola amarela, revela a "corrida" em que uma pessoa se mete.
P isso te digo, parabéns e que em breve sejas a tipa mais garrida do teu bairro (atençao aos toiros e lagartos k gostam mto de vermelhos!)
FORÇA papoila! viva a normalidade

Ana Sofia disse...

bem... uma x tive para fazer um post c o título "quero vestir as calças cor de rosa"... é k por acaso há uns 4 anos atrás na Primavera, pesava eu já à volta de 65 Kgs e comprei umas calças rosa lindas e k me caiam mm bem. Sp podia usava-as e fui-as usando até verão de 2006 altura em k as gajas deixaram de me servir. OBJECTIVO: tornar a vesti-las! Kd ia a fazer exe mm post (na altura do natal) fiz um vasculhanço ao meu roupeiro... e n é k nexa altura (c 74 kgs) as calças já serviam???? Post por agua abaixo... mas felicidade mt gd!!!!

Juh disse...

é horrivel knd entramos numa loja e so tem roupas para meninas anorecticas mesmo o tamanho grande tem uma perna mini isso é gozar c o pessoal!!!
enfim!!!

força menina para ficar linda dentro da camisola amarela!!!:D


beijao

Juh

Flávia disse...

Oi Pa,

Gostei muito do seu post...sei bem como é se sentir um ET.
Tem coisas consideradas "normais" que só quem valoriza é quem já viveu o "anormal".
Quando eu engordei mudei muito minha forma de vestir e não foi só pelo fato de não achar coisas no meu tamanho: além de caber precisa vestir bem concorda? E com 128kg o que é que podia cair bem?

Beijooos

Su disse...

Hehehe, eu também nasci na Bissaya Barreto!!! Onde moras agora? Eu continuo por Coimbra... Beijocas e tens toda a razão quando dizes que o que importa é fazer exercício, não interessa qual!

Ana Maria disse...

É maravilhoso poder começar a comprar roupas normais. Não agüentava mais usar camisetas enormes, pretas, tamanho GG. Assim como você, ainda não estou magra, sei que falta, mas quando as roupas começam a servir, sabemos que estamos no caminho certo. Parabéns por essa conquista! Cada vez mais, você vai poder aproveitar os preços nessas feiras e exposições.

Ana Garras disse...

Sabe tão bem passar pelas lojas e poder entrar nelas, pois para mim existem ainda algumas que nem entro pois saio de lá sem nada e deprimida.
Jinhux

Cristiana disse...

oi oi imagino a tua alegria.... Por vezes acontece me tb gostar de alguma peça de roupa e pimba não há que me sirva.... É triste mas é a realidade....

Fico feliz por ti, a sério que fico :D