Sim, já tinha perdido quase 12kg! grrrr

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Pequenas vitórias # 3

E as pequenas vitórias de hoje são:

- Voltar a apertar facilmente os botões da minha gabardine preferida;

- Conseguir finalmente puxar o fecho das botas até cima. Ainda não estão o conforto que eram, mas já fecham!

- Nadar 45 minutos seguidos sem nunca pôr os pés no chão da piscina! Quer dizer: pus uma vez porque a estaferma que foi para a minha pista mandou-me uma “braçada” nas costas de todo o tamanho. Como não foi para descansar, não considero essa vez, ok?

- Ter decidido a roupa que vou usar sábado e saber que me serve e fica bem!


Ontem lá fui eu toda catita, debaixo de temporal, para a aula de Pilates. Só vi um colega e instantaneamente convencemo-nos que éramos os únicos corajosos e tal, os verdadeiros atletas do bairro, aqueles que mesmo debaixo de relâmpagos se mantêm firmes … Estávamos ali tão contentes e convencidos que ficámos com umas grandes trombas quando nos disseram que a aula tinha sido adiada para hoje e que tinham avisado na quinta. Eu tenho desculpa: nunca vou à quinta. Ele? “eu quando estou a equilibrar-me no raio da bola não consigo processar mais nada”. Fair enough!

No post de ontem, algumas não perceberam o que eu entendo por “sacrifício”: não fazer ou ter mesmo de fazer algo porque estou gorda.
Por exemplo: não gostar de me sentar nos bancos altos dos bares - é impressão minha ou têm um tampo super pequeno?

A Estela gostou tanto da ideia que até fez um post sobre o assunto, passem por lá!

14 comentários:

Crista disse...

Essa da aula adiada me fez rir Papoila ... quanto a esse tipo de bancos: ODEIO
Não é por causa do rabo, mas ficamos todas tortas e com dores nas costas.
Beijocas

Crazy Cat Lady disse...

já algumas vezes algumas alminhas (que precisavam de perder mais peso do que eu perdi) me vieram com conversas que eu devia estar mt infeliz (!) por não comer doces nem nada do género. Eu por acaso não me sinto em sacrifício, mas se sentisse acho que passava ao passar em frente a superficies reflectoras.
quanta a vitórias, uma das minhas preferidas foi vestir um top algo claro e algo fited (nem mt justo nem mt largos) e ver ao espelho as linhas laterais dos abdominais, nada mt marcado, mas achei graça, estou à distância de um bronzeado para se ver sem roupa, lol, estou a brincar, se eu n fosse demasiado preguiçosa para fazer abdominais podia estar melhor, mas pronto.
bjs

Gô! disse...

Oi Pá!
Nossa sabia que estava com saudade de você?

Adoro esse seu senso de humor apimentado =D

Então, sobre sentar no banco alto do bar. Imagine eu, com a minha busanfa de gordona, sentando em uma cadeirinha daquele tipão todo santo dia para trabalhar!?!?!?!?

Sorte que no emprego novo é cadeira de gerente =D E minha busanfa tmabém está bem menor, né!?

Que ótimo que nadou sem parar por 45 minutos! =D Parabéns

E da próxima vez, dá um safanão* nessa baranga**!

Beijão
* tabefe, tapa, violência física
** mulher nojenta e feia que enche o saco

Su disse...

É assim mesmo, todas temos pequenas vitórias diárias, para mim ontem foi vestir umas calças de ginásio perfeitamente elásticas que há um ano atrás me ficavam horrorosas e quando as voltei a vestir vi-me no espelho e pensei "meu deus, eu estou magra"!

Heheh, acho que temos sp uma imagem distorcida de nós mesmas não é? E outra foi ter as roupas todas de verão do ano passado larguissimas! do tipo de me sairem uns calçoes pelas pernas abaixo mm com o fecho apertado!

Ai, há lá coisinha melhor? Parabéns linda, tu mereces por todo esse esforço! E não, a braçada que levaste nas costas n conta como descanso! :p

Beijoquinhas ****

http://disciplinando-me.blogspot.com

Ana Bastos disse...

olá!!!
gosto da forma como falas destes assuntos!!!
Excelente! os teus resultados... maravilha!
És pratica.
Os sacrificios que fazemos contra os outros sacrificios, valem sempre a pena!!!
continua
bjinhu

ximiusa disse...

fogo, aula adiada axo k fcava... possessa!
os sacrificios de ser gorda, hummm deixa ver....
axo k era mesmo bater muito contra espaços estreitos porque achava que cabia neles.
cadeiras d esplanada tb, encontrar roupa minimamente não de viuva.
olhar ao espelho.sei la eu.

Ana Sofia disse...

bem, epá p mim sacrificio foi ficar a babar dp d m teres falado na alheira! mas o k d inicio foi sacrificio agora já n o é! Ah e kt aos bankinhos dos bares n gosto deles por n terem encosto, portanto n m lmbro s as bordas minha peida caiam cd uma p seu lado, pk habitualmnt prfiro ficar d pé k dar barraca a sntar-m nixo, mas já k falas em axentos pkeninos, recordas-me uma cadeiras do colombo ond cada x k sentava tinha k fazer um esforço enorme p n trazer a merda da cadeira colada ao cu!

FUI. Bjs e bom findi

disse...

Oi Pá, parabéns pelo empenho nos exercícios, notadamente em um dia de chuva, Oh God! Isso é a única coisa que me falta, já que não tenho nenhum problema em fechar a boca. Meus sacrifícios do tempo de gorda eram: encontrar roupa que me servissem (além de gorda, alta e as confecções aqui são, na maioria para mulheres do tipo mignon). E vc perguntou o que é kani, então vai: são un bastõezinhos de fécula de batata com sabor natural de carne de caranguejo. É um produto da culinária oriental e é ótimo prá dar uma incrementada em saladas. É gostoso e pouco calórico então, tá dentro. Obrigada pelos parabéns antecipados (não sei se leu a resposta do e-mail). E, prá variar, minha internet está 80% do tempo fora do ar. Já estou buscando alternativas de acesso. Bjs e até. Zá

Marisa disse...

Sabe tão bem recuperar a forma e a vaidade, não é? ;) Pelo que fui lendo no blogue, tens feito um percurso muito interessante. Perdes peso de uma forma equilibrada e consciente e os resultados são mais que merecidos.

By the way, obrigada pelo teu comentário. Uma pessoa sente-se sempre um bocadinho desacompanhada no reino das intolerâncias alimentares. Soube bem. ;) Respondi-te lá.

Juh disse...

muito bem!!!

fico muito contente por ti!!

parabens!!!


beijinhos

Juh

Juh disse...

muito bem!!!

fico muito contente por ti!!

parabens!!!


beijinhos

Juh

Crista disse...

Beijocas preguiçosa de blog

Taty Carioka® disse...

Uhhu
Nadar 45 minutos? Que Poder!
Escolher a roupa? Que insuportável!
Sacrifício no momento é conseguir correr por mais de 10 minutos seguidos.
Ufa!
Tudo de bom
Bom findi,beijaum

Ana Garras disse...

No final, acabou por ser a vossa coragem, determinação e força de vontade que os levaram lá e só por isso já é um bom passo para a auto-estima...